Família de Sordi. Uma vida... Uma história.
FAMÍLIA DE SORDI . UMA VIDA... UMA HISTÓRIA

                                                                  

          Chegaram no  Brasil em 1896, vieram de Roncade,  uma comunidade italiana da região de Veneto, província de Treviso.

         Italianos, de origem humilde, porém com muitos sonhos, regados de fé e disposição para trabalhar, o Sr. Paulo De Sordi e sua esposa Virgínia Zani De Sordi, vieram para o Brasil,  em busca de uma vida melhor, pois na Itália passavam dificuldades, entre lutas políticas, mudanças no trabalho e no campo, onde o desenvolvimento do capitalismo se aflorava, desempregando milhares de pessoas, desestruturando famílias, que já não conseguiam viver no seu país.

       Chegando no Brasil, se instalaram na região de São José do Rio Pardo S.P, na fazenda “Paula Lima”, trabalharam na lavoura de café, constituíram família, tiveram onze filhos, e posteriormente compraram terras na região   do “Sapecado”, hoje nossa querida Divinolândia,  onde reiniciaram uma nova vida.

         O Sr. Jordão De Sordi, um dos filhos do Sr. Paulo De Sordi, casou-se com a senhora Albina Rosseto De Sordi , dessa união tiveram  sete filhos: Virgínia De Sordi, Paulo De Sordi (in memorian), Dionísio De Sordi, Pedro De Sordi, Palmira De Sordi, Maria Zuleide De Sordi e Ângelo de Jesus De Sordi. Família numerosa, e como todo descendente de italiano, com muito amor à terra, compraram  o sítio Samambaia, munícipio de Divinolândia S.P, no qual posteriormente fora trocado com terras da família “Quintana”, no mesmo município. 

       Após anos de trabalho árduo, adquiriram o sítio “Santa Clara”, próximo a cidade, onde viveram por mais de setenta anos, cultivando a terra com muita dedicação. 

       Como a vida às vezes nos dá muitos reveses, o sítio Santa Clara foi vendido para três dos seus netos, filhos do Sr. Pedro De Sordi e Neiva Trevisan De Sordi.  Os anos passaram e foi feita a divisão do sítio  em três partes,  sendo que a sede onde morou o  Sr. Jordão e a família, hoje pertence ao seu neto Edson José De Sordi, que carinhosamente homenageou seu avô, dando o nome na sua gleba de “Sítio Vô Jordão”.

         Em 2013, inicia-se uma nova era; Edson José De Sordi e sua esposa Andréa Grespan Faria De Sordi, bons empreendedores, e com grande visão de mercado, repaginaram a antiga casa da sede, transformando-a em um aconchegante salão de eventos,surgindo assim mais um arrojado empreendimento em nossa querida Divinolândia.

         Tornaram-se empreendedores de sucesso, misturando ousadia e pragmatismo, os ingredientes certos que transformaram os sonhos em negócios de alto impacto e descobriram que coragem, perseverança e  fé são os elementos fundamentais para escrever uma história, pois quem duvida não faz história, mas quem é perseverante escreve a sua história... 

Visão: 
Satisfação do cliente.
esta é a razão da existência do nosso negocio.
Missão : 
Estarmos no  mercado de eventos é ser referência na qualidade  dos serviços a serem oferecidos aos nossos clientes.